Instituto de Medicina de Reabilitação de Niterói
Atendimento:
(21) 2609-0060

IMR - Niterói
MEDICINA física E REABILITAÇÃO
 
 

Medicina Física e Reabilitação é a especialidade do médico fisiatra responsável pela avaliação do paciente, coordenação de toda a equipe multiprofissional e interdisciplinar e o acompanhamento do paciente durante todo o processo de tratamento de uma ampla variedade de incapacidades, disfunções e doenças neurológicas, traumato-ortopédicas, reumatológicas, musculares, genéticas entre outras, que podem acometer bebês, crianças, adolescentes, adultos e idosos com o objetivo de desenvolver uma melhor qualidade de vida, independência funcional e inclusão social.

Na área da Reabilitação Infantil, também atendemos pacientes com transtorno global do desenvolvimento (autismo), síndrome genéticas, paralisia cerebral, atraso do desenvolvimento neuropsicomotor.

EQUIPE INTERDISCIPLINAR

O INSTITUTO DE MEDICINA DE REABILITAÇÃO DE NITERÓI tem como foco principal a Medicina Física e Reabilitação.
Todos os pacientes iniciam o tratamento após a consulta Médica Fisiátrica, onde são definidos os diagnósticos clínicos, funcionais e de incapacidade, estabelecendo o prognóstico funcional e a prescrição do tratamento.

A equipe multiprofissional e interdisciplinar composta por Médico Fisiatra, Fisioterapeuta, Hidroterapeuta, Terapeuta Ocupacional, Fonoaudiólogo, Psicólogo, Psicomotricista e outros é especializada na área da Medicina de Reabilitação e tem com objetivo possibilitar aos pacientes um maior grau de independência física e funcional permitida pelo seu grau de incapacidade, promovendo uma melhor qualidade de vida e inclusão social.

São utilizados pela equipe métodos como a Integração Sensorial, Bobath, Kabbat, Halliwick, Bad Ragaz entre outros, de acordo com a necessidade de cada paciente.

PROCEDIMENTOS MÉDICOS

A dor é uma das maiores responsáveis pela incapacidade funcional dos pacientes ocasionando alterações musculares, tendíneas, ligamentares e ósseas. Cabe à Medicina de Reabilitação a manutenção e restauração da função dos pacientes através do uso de técnicas específicas de analgesia, exercícios, órteses e adaptações funcionais. A técnica de bloqueio químico realizada com toxina botulínica tipo A é realizada em pacientes portadores de espasticidade por lesão medular, AVC, paralisia cerebral, esclerose múltipla, em distonias e cefaléia crônica para diminuir a hipertonia muscular diminuindo a dor e favorecendo o processo de reabilitação. Na dor miofascial utilizamos técnicas de agulhamento a seco ou com anestésico para desativar os pontos-gatilho. Nos pacientes com osteoartrite de joelhos um dos procedimentos para alívio da dor e melhora do arco de movimento é a infiltração intra-articular de ácido hialurônico (viscossuplementação).

CONVÊNIOS
IMR Niterói  © 2010 - 2018